Alcóolicos Anônimos - Bahia - Área 26

Sobre o A.A.

O que A.A. faz

Para quem encaminha pessoas para A.A.

Estas informações são tanto para pessoas que acreditam que tem problemas com a bebida como para aqueles que convivem com quem tem, ou acreditam que tenham problema. Muitas destas informações estão disponíveis em maiores detalhes na literatura publicada de A.A. Este resumo conta o que se espera de Alcoólicos Anônimos. Ele descreve o que A.A. é, O que A.A. faz, e o que A.A. não faz.

Simplicidade de propósito e outros problemas além do alcoolismo.

Alcoolismo e droga adicção são freqüentemente abordados como "Abuso de Substancias" ou "Dependência Química". Alcoólicos e não-alcoólicos, são então, encorajados e freqüentar as reuniões de A.A. Qualquer um pode estar presente numa reunião aberta de A.A. Mas somente aqueles que realmente tem problemas com a bebida pode participar de reuniões fechadas ou ingressar em A.A. como membro. Pessoas com problemas outros que o alcoolismo são aceitos como membros de A.A. se tiverem problemas com a bebida.

O que A.A. faz?

1. Membros de A.A. dividem suas experiências com qualquer um que procure ajuda com problemas de alcoolismo; eles dão depoimento cara a cara em reuniões ou padrinhando o alcoólico recém chegado em A.A. 2. O programa de A.A. é proposto em Doze Passos, que proporciona ao alcoólico uma maneira de desenvolver satisfatoriamente a vida sem o álcool. 3. Este programa é apresentado nas reuniões de grupo de A.A.

  • a. reuniões abertas
  • b. temáticas abertas
  • c. reuniões fechadas
  • d. reuniões de passos
  • e. reuniões em instituições e clínicas
  • f. reuniões de C.T.O.

O que A.A. não faz.

  • Recrutar membros, ou tentar aliciar alguém para juntar-se ao A.A.
  • Manter registro de seus membros ou de suas histórias.
  • Acompanhar ou tentar controlar seus membros.
  • Fazer diagnósticos ou prognósticos clínicos ou psicológicos.
  • Providenciar hospitalização, medicamentos ou tratamento psiquiátrico.
  • Fornecer alojamento, alimentação, roupas, emprego, dinheiro ou outros serviços semelhantes.
  • Fornecer aconselhamento familiar ou profissional.
  • Participar de pesquisas ou patrociná-las.
  • Filiar-se a entidades sociais (embora muitos membros e servidores cooperem com elas).
  • Oferecer serviços religiosos.
  • Participar de qualquer controvérsia sobre álcool ou outros assuntos.
  • Aceitar dinheiro pelos seus serviços ou contribuições de fontes não A.A..
  • Fornecer cartas de recomendação a juntas de livramento condicional, advogados, oficiais de justiça, escolas, empresas, entidades sociais ou quaisquer outras organizações ou instituições.

Conclusão

O propósito primordial de A.A. é de levar a mensagem ao alcoólico que sofre pela bebida.